Linhas de Pesquisa

  1. Ciências Agrárias

Estudo de variáveis agronômicas aplicadas aos compostos bioativos e a preservação do meio ambiente

Árvore do conhecimento:

Ciências Agrárias;   Agronomia; Ciência e Tecnologia de Alimentos; Engenharia Agrícola;

Setores de aplicação:

Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal.

Objetivo:
Selecionar matérias-primas de origem animal/vegetal (screening) ricas nestes compostos – Determinar a importância de fatores intrínsecos e extrínsecos (nutrição, idade, condições de crescimento, estágio de maturidade, fatores ambientais, etc.) sobre o teor destes compostos – Entender suas funções no bioma amazônico (interações com vegetais e/ou animais) – Incentivar o plantio das espécies ricas nestes compostos – Avaliar os impactos da ingestão destes produtos para induzir vias metabólica.

Palavras-chave: bioma amazônico; interações ambientais; screening; variáveis agronômicas.

 

2 Engenharia de Produtos Naturais

 Estudo dos processos para obtenção de produtos naturais

Árvore do conhecimento:

Engenharias;   Engenharia Química; Ciências Agrárias;   Ciência e Tecnologia de Alimentos;   Engenharia de Alimentos;

Setores de aplicação:

Outros Setores; Produtos e Processos Biotecnológicos

Objetivo:
Estudar o impacto das condições de (pós-)coleta ou pesca sobre os compostos bioativos – Otimizar os processos de secagem, (bio-)extração e concentração – Otimizar biotransformações, o fracionamento, filtração e/ou a purificação – Micro- e nano-encapsular compostos bioativos – Estudar a estabilidade dos produtos (Shelf-life).

Palavras-chave: bioprocessos; encapsulamento; pós-colheita; purificação; shelf-life.

3 Avaliação fisíco-química, bioquímica e das propriedades funcionais de compostos bioativos e seu Controle de Qualidade

Árvore do conhecimento:

Ciências Agrárias;   Ciência e Tecnologia de Alimentos; Ciências Biológicas;   Bioquímica; Ciências da Saúde;  Nutrição;   Bioquímica da Nutrição;

Setores de aplicação:

Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal; Produtos e serviços voltados para a defesa e proteção do meio ambiente, incluindo o desenvolvimento sustentado.

 Objetivo:

Aspectos físico-quimicos: Caracterização e quantificação dos compostos bioativos, Dosagens colorimétricas, Capacidade antioxidante, Estabilidade, Análises termo-físicas – Aspectos bioquímicos e funcionais: Atividades anticâncer, antiulcerogênica, antiinflamatória, analgésica, antimicrobiana, simbiótica, potencial biotecnológico no aumento da qualidade e segurança de alimentos, propriedades psicofarmacológicas, biodigestibilidade, biodisponibilidade, funcionalidade in vivo, (cito-)toxicidade.

Palavras-chave: capacidade antioxidante; caracterização; funcionalidade; propriedades farmacológicas; toxicidade.

4 Funcionalidades

Desenvolvimento e Tecnologia de Novos Produtos

 Árvore do conhecimento:

Ciências Agrárias;   Ciência e Tecnologia de Alimentos.

Setores de aplicação:

Atividades no campo das nanotecnologias e desenvolvimento de Nanoprodutos.

Objetivo:
Desenvolvimento de Novos produtos ricos em compostos bioativos tais como nutracêuticos, cosméticos, cápsulas, Cremes fotoquimioprotetores e dermocosméticos – Tecnologia de bebidas funcionais e/ou desengorduradas (tipo light) – Conservação de matrizes alimentares – Formulação e Padronização de novos produtos alimentícios – Uso de compostos bioativos em biotecnologia (interação com MO, inclusive do rúmen, fermentação de matérias-primas, uso de enzimas na transformação de compostos bioativos).

Palavras-chave: alimentação específica; alimentos funcionais; biotransformações; cosméticos.

5 Apoio a formação

Apoio Formação de novos profissionais e relacionamento com o setor privado.O CVACBA apóia a formação de novos profissionais, visando a capacitação de todos os envolvidos direta ou indiretamente com o grupo. Realizando trabalhos de iniciação cientifica, conclusão de curso, dissertações e teses nas diversas áreas de conhecimento, tais como, Ciências Agrárias, Ciência Tecnologia de Alimentos, Agronomia, Engenharia Química e de Alimentos, Tecnologias, Ciências Biológicas, Biotecnologia, Bioquímica, Nutrição e Tecnologias para o Desenvolvimento Sustentável. Dessa forma o CVACBA desenvolve um bom relacionamento com o setor privado, transferindo os resultados, divulgando conhecimentos, através de publicações cientificas em jornais indexados, seminários, fichas técnicas, laudos, patentes e etc..

 Palavras-chave: extensão; formação; propriedade intelectual; Publicações; setor privado; transferência de conhecimento.


→Seleção de matérias-primas ricas em compostos bioativos.

→Extração e purificação de compostos bioativos.

→Análises físico-químicas, bioquímicas, microbiológicas e sensoriais.

→Desenvolvimento de novos produtos: cápsulas, alimentos funcionais e outros.

→Trabalhos de graduação e pós-graduação.


Desenvolvimento de novos produtos

Concepção de novos produtos: cápsulas e nano-cápsulas

Cremes solar foto(quimio-)protetores e cosméticos

Bebidas funcionais ou desengordurados (Produtos “light”)

Utilização de compostos bioativos na conservação de matrizes alimentares

Formulação e padronização de produtos

Utilização de compostos bioativos em biotecnologia: transcriptômica e metabolômica